terça-feira, 3 de dezembro de 2013

(2013/1404) Fragmentos facebookianos


I.

O religioso que tem vergonha de ser fundamentalista, e também o duas caras, gosta de usar o argumento de que, em tempos pós-modernos, não há verdades absolutas, logo, a verdade dele é válida...

Eu, honestamente, teria vergonha de olhar no espelho...


II.

Se o ser humano não tivesse aparecido sobre a poeira que é esse planeta suburbano, o mega-hiper-power poderosíssimo Universo jamais... saberia o que é...



III.

Se imoral é quem não tem moral, imundo é quem não tem mundo?


IV.


Gozados mesmo eram os padres de direita dizerem que comunistas comiam criancinhas... Como é mesmo nome daquele efeito psicológico por meio do qual você diz do outro o que vai em você, heim...?















OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget