domingo, 21 de julho de 2013

(2013/766) Bom dia, vovô!


Talvez devêssemos ser sepultados ao pé de uma árvore de viver séculos. Lentamente, ela absorveria nossa substância, nossos elementos, nossos caldos e tutanos, guardando, entre as raízes, nossa caveira...

De manhã, crianças correriam, alegres, para ela, e, abraçando-a, diriam, bom dia, vovô...





OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget