quinta-feira, 4 de julho de 2013

(2013/686) Minha jihad, meu darma, minha fé


Não posso fazer outra coisa que não tocar na feridas que, em nossa história, nós provocamos, nós e nossa presunção de fé...

Talvez eu esteja a tentar purgar-me de todo mal de nossa tradição. Talvez essa seja minha jihad, isto é, meu esforço, meu empenho, talvez esse seja o meu darma, meu caminho, talvez seja essa minha fé...

Seja como for, para mim é sagrado...





OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget