quarta-feira, 3 de julho de 2013

(2013/681) De teólogos e arquivistas - sobre um texto de Nietzsche


Nietzsche tem um texto interessante sobre como o mundo acaba sendo visto por pessoas que exercem suas respectivas profissões a vida inteira. Nos termos em que Nietzsche pensa a coisa, um profissional emula o mundo a partir de sua mesa de trabalho...

Ele, então, fala dos funcionários de cartório, dos professores, de profissionais de manufaturas...

O mundo não é mais como era, e as profissões, na prática, já não existem - somos corpos de aluguem e não mais especialistas, como há cem anos, somos genéricos, substituíveis - até nosso trabalho nos foi roubado...

Mas não posso negar que ainda aplicamos ao mundo os vícios de nossa profissão.

Eu não posso olhar o mundo sem pensar na religião.

Um arquivista não pode ver o mundo sem pensar em sua coleção de imagens.

Resta precavermo-nos de não tomarmos o mundo pelo vício que nos toma...





OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget