quinta-feira, 27 de junho de 2013

(2013/643) Oxóssi e Yahweh reinam de norte a sul... sempre segundo seus respectivos súditos

"Eu vi chover, eu vi relampear
Mas mesmo assim o céu estava azul
Samborê, Temba, Folha de Jurema
Oxóssi reina de norte a sul".

Não chove nem relampeia, mas chove e relampeia. É que não é nem chuva nem relâmpago - é Oxóssi, que reina de norte a sul.

Se você tirar Oxóssi e pôr Yahweh, funciona.

Antropologicamente, funciona.

Epistemologicamente, funciona.

Culturalmente, funciona.

Fenomenologicamente, funciona.

Os deuses, todos, são construídos desde aqui embaixo, a partir das condições materiais da vida - e, uma vez que as condições materiais da vida de diversos povos, em variadas circunstãncias, são equivalentes, os deuses construídos costumam ser iguais, como se vê pela descrição da letra de Rui Mauriti e de diversos salmos em que Yahweh está entronizado - reina - sobre a nuvem, o relâmpago, a chuva e o trovão...

Podem-se ver paralelos também entre Yahweh e Ogum. Entre Yahweh e São Jorge! É que Yahweh, resultado da fusão de diversas habilidades politeístas, um só, pode aparecer, dependenedo da perspectiva, com qualquer dos deuses especialistas das religiões politeístas.

Isso deveria ser ensinado nas Igrejas.

Em três gerações, estaríamos curados.





OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget