sábado, 11 de outubro de 2014

(2014/750) Sobre as altas conversas das redes sociais

Há "bate papos" do Facebook que me lembram rosários: saltam-se de miçanga em miçanga, de conta a conta, de palavra em palavra, como quem salta sobre alpondras, para atravessar um rio raso... Se você pega a primeira frase e, depois, pega a última, verá que não se sabe por que meios de chegou de A a B - e isso sem dizer que nenhuma das frases que foram deixadas para trás nessa sessão de pulinhos sobre as pedras escorregadias do córrego foi debatida e resolvida... É um desfiar eterno de frases soltas ao vento... Lembro-me de minha época de criança, quando, de cima do muro, soprando um talo de mamoeiro, soltava bolhas de sabão ao vento...

Ora, claro que entendo que há esse tipo de conversa de se jogar fora... Mas os conversadores desse tipo de conversa a que estou me referindo acham, senhores, que estão resolvendo os problemas do mundo!










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget